Cidades

[Cidades][bigposts]

Saúde

[Saúde][twocolumns]

Economia

[Economia][bsummary]

Educação

[Educação][twocolumns]

DataNews – Em Escada sete partidos devem eleger vereadores

Plenário da Câmara de Escada. Foto: Sanchilis Oliveira

As eleições municipais de 2020 em Escada, prometem uma renovação significativa nas cadeiras ocupadas no legislativo, são 13 vagas em disputa. Concorrem com chance de vitória, os seguintes partidos PSB, MDB, PSDB, PMN, PL, PSC, e PTC. 

Os partidos que devem obter bastante votos e legenda por se tratar de siglas que tem candidatos a prefeitos competitivos, como o PSB, PL, e PSDB largam na frente, numa média estes três partidos devem largar com pouco mais de 700 votos de legenda. 

Concorre dentro do PSB as duas vagas que o partido deverá conquistar, três vereadores que concorrem a reeleição, Antonio Rufino Binho, Elias Ribeiro e Karoly. 

No PL a briga ficará entre os candidatos, Ureia e o atual vereador Eduardo do Arretado, uma vaga é garantida no Partido Liberal. 

No PSDB, concorrem com chance de vitória, o ex-vereador Paulinho e o radialista Doutor Gatão a uma vaga que os tucanos devem garantir, com possibilidade de eleger o segundo caso haja uma boa sobra. 

Os demais partidos devem obter os seguintes resultados: 

PSC, deverá eleger dois vereadores, e concorrem as duas cadeiras, os vereadores Gil Sat, Sandra Valéria e o médico Dr Edmilson. 

PTC, deverá garantir uma vaga para a Câmara Municipal, estão no páreo por uma vaga na sobra partidária a sigla deverá atingir os 2.500 votos, concorrem a essa cadeira, Vanda de Edvan, Josias e Emanuel da Bomboniere. 

PMN, conseguirá duas vagas no parlamento municipal, concorrem as vagas os candidatos, Irmão Roberto do Pichá, Armando Fotógrafo, Tia Jane, Fabiano Acelera, Irmão Luciano, e Marcos Santiago. 

MDB, esta é a única sigla que poderá alcançar três cadeiras no parlamento municipal, mas o garantido pela lógica da matemática eleitoral e da nova regra eleitoral, as duas vagas, Cátia da Farmácia, Pedro Jorge, irmão Massé de Frexeiras, Professora Valdênia, Fernando Empreiteiro, Alberto de Nova Escada, e Budué. 

As duas vagas restantes é disputada pelos partidos, PL, PSDB, e MDB com chance de conquistarem mais uma vaga. Há também que levar em consideração a possibilidade do PSL e do Cidadania conseguirem alcançar 2.100 votos, e entrar nessa briga por uma cadeira também. 

Com grades chaces de serem eleitos, caso os seus partidos atinjam os votos necessários para conquistar as vagas no parlamento, estão no páreo os candidatos, Ureia (PL), Tia Jane (PMN), Roberto do Pichá (PMN), Paulinho (PSDB), Elias Ribeiro (PSB), Antônio Rufino Binho (PSB), Pedro Jorge (MDB), Cátia da Farmácia (MDB), Vanda de Edvan (PTC), Gil Sat (PSC), Dr. Edimilson (PSC), Michele da Farmácia (PSL), e Professor Ronei (PSL). 

Apesar que a política e a eleição são duas caixas de surpresas, mas na lógica eleitoral o caminho das eleições de domingo deverá ser parecido, com o cenário aqui descrito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bsummary]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News