Cidades

[Cidades][bigposts]

Saúde

[Saúde][twocolumns]

Economia

[Economia][bsummary]

Educação

[Educação][twocolumns]

O USO DA MÁSCARA PARA OS INTROVERTIDOS.



 
Foto: Pexels/Polina Zimmerman

Usar máscara, e nesse caso me refiro máscaras descartável ou de tecido, para a maioria é uma obrigação chata, mas apropriada para o momento contemporâneo, é uma das atitudes mais coerente para diminuir a disseminação do vírus da covid-19. Apesar disso, a maior parte de nós espera ansiosamente o dia em que poderemos voltar a mostrar o rosto em público outra vez. As máscaras embaçam os óculos, dá sensação de falta de ar e obstruem nossos poros, machucam a orelha, as crianças não gostam de usar, tornam mais difícil reconhecer pessoas, dificulta a fala em lugares abertos, muito incomodo.

Porém do outro lado pelas mesmas razões estão outro grupo de pessoas que estão se alimentando e beneficiando, da exigência do uso de máscara, pelas razões mais simples ou complexas do mesmo utensílio. Alguns indivíduos seguem a maneira como as máscaras diminuem ou evita as interações que, em outra ocasião, gerariam ansiedade social.

Os introvertidos não precisam sorrir sem vontade, falar ou interagir. Eles estão no auge da liberdade de ir e vir sem o compromisso de responder a cada conhecido que cruza na rua, inclusive apresento relatos da liberdade que as mulheres também tiveram com o benéfico delas, pois perdem menos tempo com maquiagem para aparecer. (Salve as exceções)

Anonimato traz liberdade para o perfil introvertido, imaginemos uma escala, em uma ponta temos os extrovertidos com a angustia e na outra ponta os introvertidos com o alívio bem-vindo das pressões para sustentar moldes rígidos de aparência. Eles(introvertidos) largaram suas antigas rotinas de se maquiar e barbear, economizando tempo e estresse. Expuseram que esconder metade do rosto deram liberdade. Alguns atendentes de público como lojas, restaurantes que se sentiam coagidos a estarem sempre sorrindo ou trabalhos formais que precisavam de simpatia constante relataram que tem sentido um certo alivio, é como se o peso cobrado pela sociedade sugavam emocionalmente.

Introversão não é defeito. A sociedade é que valoriza o comunicador colocando em uma caixinha a individualidade de cada ser, considerar alguém que possui uma personalidade mais contida, voltada para o mundo interior e que não busca destaque ou exposições considerando que ela precisa de conserto.

Introvertidos são sempre confundidos com os tímidos.

O perfil dos extrovertidos são dinâmicos, gostam de estar cercados de pessoas e de lugares cheios. Recarregam a energia dessa forma.

Os introvertidos, possuem outras habilidades, se expressam bem, porém nem sempre gostam de ser o centro das atenções e recarregam sua bateria nos lugares ondem é o oposto do seu dia a dia. E, principalmente, precisam de um tempo a sós.

A introversão traz benefícios que passam despercebidas pela maioria das pessoas. Você adquire a capacidade de ser um melhor ouvinte, consegue se expressar na escrita com mais clareza. O uso da máscara trouxe saídas valiosas. Seja você extrovertido ou introvertido , tenha o hábito de colocar na balança sempre a situação que está vivendo e analisa os benefícios ou os prejuízo dela.

E ai qual grupo você se encontra?



Até a próxima.



Precisa de ajuda? Entre em contato.

Ana Gonçalo.

Contatos para consultas: (81) 993570145

Instagram @ psicanalista_anafreud

Pelo e-mail anacgcp@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bsummary]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News