Cidades

[Cidades][bigposts]

Saúde

[Saúde][twocolumns]

Economia

[Economia][bsummary]

Educação

[Educação][twocolumns]

Pernambuco recebe mais 255 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Novo lote permitirá a primeira imunização de idosos a partir de 60 anos de idade e trabalhadores das forças de segurança e salvamento

Foto: Hélia Scheppa/SEI

Na madrugada desta sexta-feira (16.04), Pernambuco recebeu um novo lote de vacinas contra a Covid-19, com 255.150 doses, sendo 102.400 da Coronavac/Butantan e 152.750 da Astrazeneca/Fiocruz. Os imunizantes, recebidos no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre às 01h04, contemplarão, além de idosos a partir dos 60 anos de idade, trabalhadores das forças de segurança e salvamento, que receberão a primeira dose. Uma parte também será utilizada para a segunda dose de trabalhadores de saúde e idosos a partir dos 65 anos de idade.

“A vacinação dos idosos no Estado já mostrou resultados positivos, com a redução de atendimentos hospitalares dessa faixa etária. Essas vacinas chegam para reforçar esse trabalho e garantir mais segurança à essa população, e também para ampliarmos a imunização de trabalhadores de saúde e da segurança”, afirmou Paulo Câmara. O governador ressaltou a eficiência do esquema de logística montado para a distribuição das vacinas em todo o Estado. “Vamos assegurar, mais uma vez, que os imunizantes cheguem a todas as 12 gerências regionais de saúde ainda nesta sexta-feira”, acrescentou.

Do aeroporto, as vacinas foram encaminhadas ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) para serem conferidas, divididas em lotes e enviadas aos municípios pernambucanos. Com esse novo quantitativo, Pernambuco recebeu, ao todo, 2.276.080 doses dos imunizantes, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz. Já estão sendo contemplados na campanha idosos a partir dos 60 anos de idade, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou que os idosos representam 75% de todas as mortes por Covid-19 no Estado, e reforçou a importância do avanço na proteção desse público para que sejam evitados mais adoecimentos e, principalmente, óbitos. “Verifiquem na sua cidade quais estratégias estão sendo utilizadas para a vacinação e fiquem atentos para completar o esquema vacinal com as duas doses e no tempo preconizado para cada tipo de fabricante. Reforço também que a vacina é uma das nossas armas contra o novo coronavírus. Mas mesmo quem já foi imunizado deve manter o uso correto das máscaras, a higienização das mãos, o isolamento e distanciamento social”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bsummary]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News