Cidades

[Cidades][bigposts]

Saúde

[Saúde][twocolumns]

Economia

[Economia][bsummary]

Educação

[Educação][twocolumns]

Ao posar com armas a Deputada evangélica Clarissa Tércio envergonha o evangelho para agradar a Bolsonaro

Os fariseus usavam Deus para justificarem suas atrocidades no tempo de Cristo, e defender tudo que era de contrário a Deus.

Família Tércio contradiz a Bíblia ao defender armas
Foto: Reprodução/ Instagram Clarissa Tércio

Por Sanchilis Oliveira.

A Bolsonarista e Deputada Estadual por Pernambuco, Clarissa Tércio (PSC), deu uma demonstração de desprezo ao evangelho de Cristo, no último dia (13/10), quando durante instrução de tiro pousaram para fotos segurando armas de fogo.

Cabe aqui uma análise, a deputada que usa a Bíblia Sagrada como sua arma para atacar, defender o indefensável, praticar o ódio, inspirar seus seguidores com esses exemplos, está seguindo o evangelho de Jesus?

A Deputada tem sido uma fiel seguidora das ideologias de extrema-direita radical, liderada pelo presidente Jair Bolsonaro, ao usar o evangelho para outorgar seus atos contraditórios ao que é ser cristão, tanto a deputada quanto seu marido e vereador do Recife, Pastor Junior Tércio (Podemos), envergonham o evangelho, os evangélicos e o que é na essência amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como Deus amou, só essa passagem Bíblica derruba por terra essa cultura armamentista defendida pela família Tércio.

Donos da emissora de rádio Novas de Paz, nome também levado pela igreja que administram, eles ganharam notoriedade na pregação do evangelho, mas após a eleição de Clarissa em 2018 junto com o presidente Bolsonaro, o veículo tem sido usado inúmeras vezes como canal de propagar ódio aos diferentes, sentimentos que em nada condiz com o ser cristão de fato, totalmente diferente ao nome que leva a emissora, "Paz".

A ideologização das igrejas evangélicas atreladas ao Bolsonarismo através de seus líderes, tem se mostrado cada vez mais instrumentos de controle social, aparelhamento, palanque político, e espaço para manobra e manipulação da fé alheia com objetivos totalmente distante do ide pregado por Cristo.

Ide por todo mundo e pregai o evangelho, e não ide por todo mundo e pregai o Bolsonaro e suas ideologias de rancor, ódio e separação.

A parlamentar tem todo direito de escolher seu caminho político, ela é livre, e uma cidadã como qualquer outra, mas o uso da fé, do cristianismo, e do evangelho para se locupletar, se promover, e pregar ideologias armamentistas, sexistas, misóginas, xenofóbicas em nome de Deus, não é nada cristão, e muito menos exemplo de líder religioso a ser seguido.

Para concluir, aos que preferem as armas que tiram vidas, eu fico com a passagem de João capítulo13, versículo 35, "Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos".

Pois para verdadeiros cristãos, o que deve ser tido como tripé basilar, é a fé, a esperança e o amor, destes três o maior deles é o amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bigposts]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News