Política

[Política][bigposts]

Economia

[Economia][bsummary]

Colunas

[Coluna][twocolumns]

Educação

[Educação][twocolumns]

Escada inaugura CAPS, que deverá cuidar da saúde mental da população

Inauguração do CAPS em Escada
Foto: Divulgação


A prefeita de Escada Mary Gouveia (PL), inaugurou na manhã desta terça-feira (23/11), a unidade do CAPS- Centros de Atenção Psicossocial, que deverá atender a população em situação de vulnerabilidade psíquica.

Estiveram presentes na inauguração, além da gestora da cidade, o vice-prefeito Genival do Sindicato (PL), alguns vereadores da base do governo, representantes do poder judiciário e do ministério público, além de secretários municipais e servidores da prefeitura de Escada.

O que faz o CAPS?

  1. Prestar atendimento clínico em regime de atenção diária, evitando as internações em hospitais psiquiátricos;
  2. Acolher e atender as pessoas com transtornos mentais graves e persistentes, procurando preservar e fortalecer os laços sociais do usuário em seu território;
  3. Promover a inserção social das pessoas com transtornos mentais por meio de ações intersetoriais;
  4. Regular a porta de entrada da rede de assistência em saúde mental na sua área de atuação;
  5. Dar suporte a atenção à saúde mental na rede básica;
  6. Organizar a rede de atenção às pessoas com transtornos mentais nos municípios;
  7. Articular estrategicamente a rede e a política de saúde mental numa determinada área de abrangência;
  8. Promover a reinserção social do indivíduo através do acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários

Estes serviços devem ser substitutivos e não complementares ao hospital psiquiátrico. De fato, o CAPS é o núcleo de uma nova clínica, produtora de autonomia, que convida o usuário à responsabilização e ao protagonismo em toda a trajetória do seu tratamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bigposts]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News