Cidades

[Cidades][bigposts]

Saúde

[Saúde][twocolumns]

Economia

[Economia][bsummary]

Educação

[Educação][twocolumns]

Em nota, Lucrécio Gomes contesta resultado do julgamento de suas contas, Câmara afirma ter seguido todo rito legal

Ex-prefeito Lucrécio Gomes em seu gabinete em 2020.
Foto: Divulgação

Após a rejeição por nove a três, das contas do exercício financeiro de 2015, do ex-prefeito de Escada, Lucrécio Gomes (PSB), realizado pela Câmara Municipal na última terça-feira (15/06). O político enviou nota ao Portal Fala News, onde afirma através de seu advogado não ter sido notificado, afirmando que o processo foi nulo, e também contestante a inelegibilidade.

De acordo com as informações colhidas pelo Portal Fala News, a câmara não conseguiu notificar pessoalmente o ex-prefeito, e como forma de convocação, o fez por meio de edital publicado no Diário Oficial da Amupe, no dia 28 de maio, assinado pela Presidente da Câmara, a vereadora Bete da Alvorada (PSC).

Edital de Convocação publicado no Diário Oficial da Amupe.
Imagem: Reprodução / Amupe

De acordo com o vereador Paulinho (PSDB), que é advogado, e foi presidente da comissão de julgamento, todo rito legal foi cumprido, desde a convocação ao amplo direito de defesa. "Com as contas rejeitadas ele está inelegível, contando 8 anos a partir do julgamento" destacou o parlamentar.

Confira a nota enviada pelo ex-prefeito:

Nota do ex-prefeito sobre a rejeição de suas contas de 2015.
Imagem: Portal Fala News


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Emprego & Concurso

[emprego][bsummary]

Mundo

[Mundo][bsummary]

TV Fala News